Legado Olímpico: que valorizemos mais o esforço do que a vitória

Ganhar é bom. É maravilhoso, na verdade. A sensação de não conseguir caber em si de tanta alegria é o que promove as mais bonitas fotografias numa competição tão acirrada quanto nos Jogos Olímpicos. Mas, para que alguém ganhe, é preciso que outros percam. E, mais do que o concreto de uma Vila Olímpica que não sabemos bem como foi paga, espero que este seja o legado impagável maravilhoso desta competição: que o brasileiro aprenda a valorizar mais o esforço do que a vitória. Continuar lendo “Legado Olímpico: que valorizemos mais o esforço do que a vitória”

Anúncios

Eu aceito as flores

Lembro que, quando eu era bem pequena, no Dia Internacional da Mulher, meu pai sempre chegava em casa com flores. Do buquê para a minha mãe, sempre restava uma solitária que acabava na minha mão. E eu sempre achei aquilo lindo. Continuar lendo “Eu aceito as flores”