Esqueça as certezas, se apegue as dúvidas

Vivemos na era do discurso. Não é preciso tribuna, microfone, plateia. Temos um teclado e seguidores (que seja meia dúzia). Todo mundo pode falar. O que é ótimo. Estamos empoderados, disruptivos e cheios de opinião. Estamos também apressando o processo de metamorfose que todas as nossas dúvidas sofrem antes de virarem certezas.

A certeza que não respondeu a uma dúvida é rasa. A certeza que não se permite voltar a ser dúvida aprisiona.
É pelas dúvidas que se descobre o quanto uma pessoa é capaz de se desafiar, de se reinventar. Quanto mais advogado do diabo de si mesmo, mais status celestial ganha uma opinião.
A certeza é restritiva, a dúvida estimula a imaginação. Certeza é tornar algo óbvio – e a obviedade é sempre chata – e, roda-viva que é, se torna questionável. Certeza é zona de conforto, dúvida é eterna montanha-russa.
Não existe motivo para se envergonhar das dúvidas. Ao contrário, daria para escrever uma tese sobre a feiura da certeza impensada, da palavra vã, do discurso inflamado da boca pra fora que não teve tempo para arraigar-se da boca pra dentro.
Dúvidas nos mantêm atentos a qualquer nova informação. Pré-dispõem olhos e ouvidos abertos e atentos. Trazem ineditismo para a rotina. Certezas cegam a opinião dos outros, as evidências, o feeling.
A profundidade das dúvidas é proporcional ao esforço dedicado às certezas. Quanto mais alguém se questiona, mais já pensou, repensou, despensou. Mais se desfez para se reconstruir.
Ouvi alguém dizer que toda certeza é absoluta. Que bom se toda dúvida também fosse. Talvez ouvíssemos mais, fôssemos mais surpreendidos, mais autônomos e menos iguais. Mas não tenho muita certeza disso, não.
Anúncios

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s