Prece

Quero que você acorde todos os dias com os olhos pequenos e inchados, olhe pra mim e com a sua voz rouca me deseje um bom dia. Mesmo daqui a muito tempo, quando eu já tiver parado de reparar que os seus olhos são mais brilhantes no calor da minha cama. Quero nunca encontrar sensação melhor do que percorrer as tuas costas com a ponta dos meus dedos e esquentar meus pés gelados entre as tuas pernas.

Quero que o filme que te faz gargalhar dure o dobro do tempo, só pra não achar graça nenhuma na tela, mas gargalhar também, porque um dia essa tua felicidade simples e palpável foi só a mais engraçada das piadas que eu contei. Ah, se não foi pedir demais, que você nunca pare de fazer essa cara de tonto quando ri, já que ela me deixa com uma cara de tonta que te faz estender o sorriso.

Quero que você mude um pouco todos os dias, pra que eu fique com essa insegurança boa, que me faz querer levar flores pra alegrar seu dia e colocar músicas calmas pra te ninar.  Que você continue sendo razão e por que. Que eu nunca seja sua vida, nem você a minha. Mas que sejamos parte da felicidade um do outro assim, desse nosso jeito. Quero ter sempre essa sensação de que a sua chegada é um volta, já que eu te conheço mesmo de algum lugar dos meus sonhos.

Quero que quando você se sentir sozinho ou bater aquele medo violento de não estar vivendo de verdade, abra os braços e deixe que a minha certeza te invada. Quero pra sempre o teu cheiro de banho tomado, o teu café passado e a tua mania insuportável de discordar de tudo, só pra me ver dar o braço a torcer, me abraçar bem forte e me dizer que eu preciso me defender melhor quando eu sei que estou certa. 

Quero que você não pare nunca de dizer que eu me importo demais com as pessoas, pra que não duvide nunca do quanto eu me importo com você. Que você me veja sempre como criança, pra continuar me explicando o mundo e provando que cada detalhe pode ser mais bonito com a tua obviedade. E que nunca, nunquinha, você pare de me chantagear pra trocar o trabalho pelo seu colo. 

Se alguma dúvida ou problema te deixar preocupado, quero que você largue os livros e busque ajuda na vida real. E que você tenha muitos amigos, programas e interesses diferentes dos meus, pra que nunca nos faltem novidades e saudades. Quero que você continue paciente pra ver comigo até o pôr-do-sol mais sem graça, discutir os meus exageros mais absurdos e aceitar o meu autismo a beira-mar. E, claro, que você brinque com meu medo de tudo.

Eu quero que todos os dias você me convença que contos de fadas não existem, só pra eu ter certeza que você é de verdade. Quero que esse sentimento meio novo, meio tonto e meio infantil dure por muito tempo, mesmo que repetido, sóbrio e adulto. Porque os dias e os meses sempre passam, mas eu quero continuar acreditando que dividir o sofá, o último pedaço do bolo e o travesseiro sejam a eternidade num piscar de olhos.

Anúncios

8 comentários em “Prece

  1. Só quem sabe – ou já soube – pode ler assim dessa forma tão… chorosa como li teu texto. Belo e verdadeiro. Gracias!

  2. Eu não sei se foi a minha vontade, mas li esse texto como se fosse uma carta do cara do PS Eu te amo. E senti a mesma coisa quando terminei de ver o filme – o que não faz muito tempo, agorinha mesmo hahha.

    Sabe o que eu senti?

    Vontade de ter alguém desse mesmo jeitinho só pra mim.

    *-* Lindo.

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s