Monólogo dialogado

– Sua escrota. Pára de sonhar e aparece na frente dele linda e maravilhosa com um ar de bem resolvida.
– Mas eu não to linda, tampouco maravilhosa e muito menos bem resolvida!
– Homens gostam de ser enganados, gostam de sentirem-se provocados.
– Mas ele gostava quando eu colocava o pijama, deitava ao lado dele e pedia pra gente ver um filme juntos.
– E você acabou aí, pelada, sentada toda torta na frente do computador, clamando por qualquer sinal de vida dele. Coloca aquele vestido preto e vai pra qualquer lugar ver gente.
– Mas ele dizia que aquele vestido não me caia bem.
– Ele achava muito curto e ficava puto porque os caras babavam as tuas pernas.
– Ele dizia que as minhas pernas eram bonitas…
– E desde quando ele ia te chamar de campeã nacional da celulite, sua idiota?
– Mas ele sempre foi sincero comigo.
– Sinceridade não é sinônimo de amor. Ele não te ama, não ta aí do teu lado agora e se tu quer mesmo saber ele deve estar comendo outra em qualquer beco dessa cidade.
– Mas eu era a única que encaixava a cabeça nas costas dele e fazia ele se sentir completo.
– Ah! Com certeza ele não tá interessado nas costas das meninas que ele anda pegando por aí!
– Ele fazia a melhor massagem do mundo, tinha o melhor sexo do mundo e me fazia o maior bem do mundo.
– Tu nunca foi a outro país, como sabe que ele é o mais do mundo? E outra coisa, você já testou todos os homens e massagens do mundo? Não. Então cala a boca, coloca o vestido preto e manda esse desânimo pra bem longe.
– Mas eu vou pra onde? Com quem?
– Liga pra qualquer amiga, pega aquela boa e velha agenda de contatos e vai pra qualquer lugar.
– Eu tô louca pra ver aquela comédia romântica que estreou sexta no cinema.
– Então pronto, oras!
– Mas ele sempre dizia que queria ver esse filme comigo porque a nossa história é tão engraçada e tão bonita quanto a dos personagens do filme…
– Quer apanhar?
– E sabe qual o final do filme? Os dois deitados na cama e um pedido de casamento!
– E sabe qual o teu final? Passar o resto da madrugada escrevendo o que se passa na tua cabeça e tentando entender porque ele não ta aí agora.

Anúncios

5 comentários em “Monólogo dialogado

  1. oi Marina!!! então, tá belíssimaaaa???

    sentirei tanta saudades de vc que migrei pro wordpress tb…

    bjo garotaa

O que você acha?

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s